0800 707 5900 35 3729 9929 comercial@soitic.com

Quais são os equipamentos essenciais para montar um laboratório

26/02/2021
Quais são os equipamentos essenciais para montar um laboratório

Saiba quais são os 17 equipamentos fundamentais que todo laboratório de imagens deve ter.


A estrutura de um laboratório de análises clínicas reflete diretamente na satisfação dos pacientes, pois com equipamentos de primeira linha e atendimento especializado a coleta e resultados ganham em qualidade.

A seguir, listamos os principais equipamentos necessários para a montagem de um laboratório de análises clínicas, assim como suas funções.


Microscópio

O mais popular entre os equipamentos de laboratório é, sem dúvida, o microscópio. Ele é utilizado para a análise e compreensão de micro-organismos. A imagem dos resultados pode ser gerada por reflexão, processamento eletrônico ou por uma combinação dos métodos.

Ao escolher o modelo ideal para seu laboratório, o gestor deve se atentar a algumas características: qualidade de imagem, manuseio simples e ergonomia (no caso, voltada ao profissional que realiza o manuseio do equipamento).

De acordo com a demanda de exames é que pode ser escolhida a quantidade certa de microscópios necessários.


Colorímetro

Este equipamento tem como função dosar a concentração de um elemento, por meio da análise da cor: quanto maior a concentração, maior a intensidade da coloração.  Eles se dividem em dois tipos: o colorímetro portátil e o colorímetro de bancada.


Analisador de bioquímica

O Analisador de bioquímica, como o próprio nome diz, realiza as análises bioquímicas das amostras colhidas. São aparelhos automatizados que dependem de reagentes específicos para gerar resultados.


Agitadores 

Com os agitadores, é possível homogeneizar e/ou misturar soluções. Para cada função existe um tipo de agitador, sendo eles os magnéticos (materiais viscosos), com hélice (solubiliza materiais mais viscosos), o vórtex (específico para tubos) e as mesas agitadoras (soluções volumosas).


Estufa

As duas principais funções da estufa são: cultivar as células e esterilizar os materiais. O equipamento mantém a temperatura e nível de CO2 constante e é indispensável a qualquer laboratório de análise clínica.


Autoclave

Esterilizar produtos através do contato com o vapor da água é a principal função do autoclave. Por conta da alta temperatura do vapor, os micro-organismos são mortos. Na hora da escolha, o gestor laboratorial deve estar atento ao tamanho da autoclave, à ordem e ao tempo dos ciclos.


Balança

Como em qualquer outro lugar, a balança é utilizada para realizar medições com precisão, podem ser analíticas ou semi-analíticas.


Banho-maria

A função do Banho-maria é tanto aquecer as amostras de forma gradual e segura, como também de outros materiais. Tem a preocupação básica de aquecer substâncias sem que essas percam suas propriedades. 


Capela

A capela é um equipamento de proteção coletiva, que funciona como um exaustor. Ele exaure por vapor os produtos que são tóxicos à inalação para fora do laboratório.


Cabine de segurança

Este aparelho é responsável por proteger quem irá realizar a manipulação das amostras de toxicidade ou infecções. Seu interior é estéril, filtrado por HEPA (filtros de alta eficiência) que garantem a pureza e contém lâmpadas ultravioletas que matam os micro-organismos. 


Destilador de água

Utilizando esse equipamento, as impurezas e contaminações presentes na água comum são retiradas. Isso porque a água comum tem múltiplos usos, como solvente, reagente, ou limpeza de equipamentos e vidrarias.


Deionizador

Este equipamento garante a água em sua versão mais pura. O deionizador filtra os sais minerais presentes na água, para que não haja interferência nos resultados finais da água.


Centrífuga

As centrífugas são utilizadas para separar partículas biológicas, através da densidade das substâncias. Por exemplo, uma amostra de sangue pode-se dividir em plasma e células vermelhas ao fundo para facilitar a análise.


Cortador diferencial das células

Realiza a contagem celular e testes de viabilidade celular, fundamental para manter a dosagem de células do hemograma. 


pHmetro

O pHmetro é utilizado para aferir o pH das soluções. Esta mensuração é fundamental, visto que qualquer mudança no grau de acidez, alcalinidade ou neutralidade pode alterar completamente o funcionamento de um sistema biológico.


Pipetadores e pipetas

As pipetas são recipientes muito utilizados nos laboratórios para transportar líquidos, podem ser graduadas ou automáticas.

Os pipetadores são instrumentos auxiliares na hora da pipetagem, que ajudam a fazer transições dos líquidos para dentro das pipetas, tornando o processo mais seguro. 


Placa aquecedora

Por fim, a placa aquecedora é utilizada para aquecer ou ferver com agilidade líquidos e compostos. Ajuda a realizar reações químicas que ocorrem em uma temperatura específica.



Além de garantir que seu laboratório de análises clínicas tenha todos os equipamentos fundamentais para um bom funcionamento, a gestão deve estar atenta à manutenção e conservação desses materiais.

 
Nesse sentido, as Tecnologias da Informação especializadas em laboratórios facilitam todo o controle de estoque e equipamentos, trazendo maior segurança para a organização.

Conheça o LABSYS WEB,  o Sistema de Soluções para Laboratórios de Análises Clínicas que simplifica e evolui seu laboratório. Saiba como podemos auxiliar sua gestão laboratorial!


Fale com nossos consultores 

0800 707 5900 (Comercial)

(35) 3729-9929 (Whats/Telefone)

Acompanhe nossas redes

@labsysweb

www.labsysweb.com.br/


Compartilhe essa postagem

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE